Oração Para Pedir o Poder das Mãos Ensanguentadas de Jesus





As mãos de Jesus foram crucificadas e ensanguentadas em Sua crucificação, na paixão e morte. A fonte de todas as graças é a paixão e morte de Jesus, portanto, as mãos ensanguentadas estão diretamente ligadas à fonte que continua jorrando graças sobre graças.

Oração para Pedir o Poder das
Mãos Ensanguentadas de Jesus
(cura física e espiritual)

"Cura-me, Senhor Jesus!
Jesus, coloca Tuas Mãos benditas, ensanguentadas, chagadas e abertas, sobre mim, neste momento. Sinto-me completamente sem forças para prosseguir, carregando as minhas cruzes. Preciso que a força e o poder de Tuas Mãos, que suportaram a mais profunda dor ao serem pregadas na Cruz, reergam-me e curem-me agora. Jesus, não peço somente por mim, mas também por todos aqueles que mais amo. Nós precisamos desesperadamente de cura física e espiritual, através do toque consolador de tuas Mãos ensanguentadas e infinitamente poderosas.
Eu reconheço, apesar de toda a minha limitação e da infinidade dos meus pecados, que és Deus, Onipotente e Misericordioso, para agir e realizar o impossível. Com fé e total confiança, posso dizer: "Mãos ensanguentadas de Jesus, Mãos feridas lá na Cruz! Vêm tocar em mim. Vem, Senhor Jesus!"

A oração é iniciada com um pedido de cura: "Cura-me, Senhor Jesus!" Este pedido, na verdade, resume todo o resto da oração. Jesus compreende que essa cura pode ser: espiritual, psicológica, emocional, física, matrimonial, familiar e comunitária. Porque Jesus conhece muito bem quem é a pessoa que pede, e qual é o seu mal. Ele concede aquilo que a pessoa está pedindo.
A salvação consiste em curar-nos das consequências do pecado original, curar-nos dos nossos pecados pessoais e curar-nos das sequelas dos pecados dos outros contra nós. Ora, essas consequências e sequelas podem ser espirituais, psicológicas, emocionais, físicas, matrimoniais e familiares. O que segue após esse primeiro pedido são "argumentos" e "explicações" para reforçar o pedido da cura do mal que se apresenta para ser curado.
Todos nós temos cruzes, uns têm cruzes maiores, outros menores, mas seja como for, sempre precisamos do "divino Cirineu", Jesus, para nos ajudar acarregar a nossa cruz, para nos reerguer e curar.
O sangue precioso de Jesus, símbolo e expressão do dom total de Sua vida, foi o preço pago por Jesus para a nossa salvação. E é dessa fonte: a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus que jorram "todas as graças e bênçãos do Céu" que chegam sobre a humanidade, sobre a Igreja e sobre cada um de nós.
Trechos do Texto de Pe. Alírio José Pedrini, scj.

Fonte: Revista Brasil Cristão-setembro/2012

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante