NOTA DE ESCLARECIMENTO sobre o Sr. Mário Roberto Gomes de Arruda apreendido na noite desta quinta-feira, 20, em Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho, com 170kg de maconha e que foi identificado como padre.


Através de nota, a Arquidiocese de Olinda e Recife esclareceu que o religioso Mário Roberto Gomes não faz parte do clero da Igreja Católica. A Arquidiocese disse ainda que não administra nenhuma paróquia com o nome de São Judas Tadeu em Pontezinha. A única igreja católica na localidade é a de Nossa Senhora Rainha da Paz. A igreja, em questão, é uma dissidência da Católica Apostólica Romana e não é subordinada à Roma...






https://www.facebook.com/ArquidioceseDeOlindaERecife/photos/a.396183187111730.90065.393504860712896/816888685041176/?type=1



Ê mídia famigerada. Não conseguem ser convincentes nem quando se trata dos acertos quem dirá dos erros. A redação de alguns sites conseguiram ser mais deploráveis que a do próprio G1 (especializado em denegrir a Igreja Católica). O homem em questão não pertence mais a Igreja Católica e até onde se sabe o afastamento não ocorre de um dia para o outro. Conforme a Nota emitida pela Arquidiocese de Recife o mesmo já havia passado por este processo, coisa que a redação dos jornais tentaram colocar como acontecido devido ao fato. 











soldados  catolicos

Relacionados aos seus interesses

0 comentários