Padre Rufus reza pelo Brasil dias antes de sua morte




Instituto Hesed
Padre Rufus se encontrou com a Irmã Kelly Patrícia e outras religiosas do Instituto Hesed em Londres, no sábado, 28 de abril
No último sábado, 28, quatro dias antes de sua mortepadre Rufus Pereira recebeu a visita da Irmã Kelly Patrícia, do Instituto Hesed. A religiosa e outras irmãs do Instituto estiveram em Londres, na Inglaterra, para participar de uma missão evangelizadora e aproveitaram a oportunidade para encontrar o sacerdote que estava no país.

Em entrevista ao Canção Nova Notícias, Irmã Kelly fala sobre sua experiência com padre Rufus na ocasião. O encontro foi marcado pela celebração de uma Missa. "Nós chegamos um pouco atrasadas, porque nos perdemos, mas quando chegamos lá ele nos acolheu com muita alegria e muita felicidade e logo preparou tudo, fez um altarzinho muito singelo para iniciar a Santa Missa e celebrou para nós. Foi um momento de profunda experiência de Deus", recorda.

A religiosa conta que na Santa Missa "ele rezou muito pelo nosso Brasil" e, dias depois, ao saber de seu falecimento elas entenderam que talvez aquela oração tenha sido a última que ele rezou por essa intenção, ainda aqui na terra.

Irmã Kelly Patrícia disse também que durante a homilia, ele recordou um fato ocorrido nos inícios de sua vida sacerdotal. "Uma pessoa que ele conhecia estava perdendo a fé, não acreditava mais na Santíssima Eucaristia, e ele quis conversar com essa pessoa para tentar convencê-la do contrário. Ele saiu de lá muito triste porque não conseguiu convencê-la. Então depois que ele fez a experiência profunda com o Espírito Santo na Renovação Carismática Católica ele compreendeu que só o Espírito Santo pode fazer a obra", conta a religiosa.

Essa experiência ele transmitia a todos. Irmã Kelly lembra que ele costumava dizer "com o Espírito Santo as coisas acontecem".

Padre Rufus rezou também pelo Instituto Hesed, agradecendo por sua missão evangelizadora no Brasil e depois rezou por cada uma das religiosas que estavam ali. Irmã Kelly recorda ainda que, após a Missa, ele fez questão de oferecer chá a elas

“O que padre Rufus nos deixa é esse exemplo vivo da vivência do Evangelho… Ele deixa uma estrada de luz para todos nós de que é possível viver o evangelho”, ressalta. 


font:

You Might Also Like

1 comentários

  1. QUEM DUVIDA DA EXISTÊNCIA DO DEMÔNIO NÃO É CATÓLICO (PASSAMOS POR PROVAS SIMILARES ÀS DOS ANJOS DECAÍDOS)
    A vida de São Pio, perseguido pelo demônio – anjos decaídos, reprovados no teste de amor a Deus – e em nós ao sugestionar o mal, cairmos e permanecer na injustiça, atesta a mais a veracidade de sua existência e suas várias ações, especialmente nesse mundo ultra racional-materialista, que crê apenas no admitido pela ciência.
    Mas, sob a fé cristã, em várias citações, Jesus fala sobre suas ações e do inferno vinculado ao mesmo pelo menos 11 vezes. E refere-se ainda o que é capaz de fazer: 2 Cor 11.14: Não é de se estranhar pois o próprio satanás se transfigura em anjo de luz, por conseguinte não é de surpreender que seus ministros em servidores da justiça. Em Mt 10.25: belzebu; Demônio: Mt 4.12 e Lc 4.2 e Mc 1.13, como adversário. Em 1 Pd 5.8: Sede sóbrios e vigilantes! Eis que o vosso adversário, o diabo, vos rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar.
    A Teologia (heresia) da Libertação – TL – aparentemente religiosa, de teologia nada possui por ser materialista e atéia; aliás, também aprova o aborto, feminismo, uniões gays, glbts, eutanásia, pedofilia, indistinção sexual, seitas supostamente evangélicas com cultos similares aos dos centros espíritas, espiritismo, superstições, etc., são das diversas facetas com que se apresenta a relativizar e extirpar a fé da Igreja-Cristo e na sua oculta ação.
    O melhor presente ao demônio é negar sua existência; ele terá tempo a mais disponível para cuidar de outros, afinal, quem o nega já é de casa.
    No mundo atual o ambiente lhe é favorável: crêem mais nas ideologias e propostas dos partidos socialistas/comunistas de fazer desse mundo um paraíso, cientificismos e tecnologias que da necessidade de Deus, em evidentes orgulho e soberba de quererem se julgar auto suficientes, deísmo subjetivista.
    Interessante é isso grassar em todos os níveis, abarcando quase todas as correntes doutrinárias, como religiões provindas do Oriente, em que o homem se liberta por auto conhecimento e exercícios meditacionais, tornando-se espécie de semi deus, integrado ao mesmo – panteísmo e deísmo subjetivista – bastando desenvolver-se; assemelha-se à proposta de espiritismo de auto purificar por reencarnações seguidas. São as satânicas posições adotadas pela “Nova Era-NWO” em sua diversidade, envolvendo os mais diversos cultos de espiritismo, animismo, umbanda, candomblé e todas as suas variantes onde existam esoterismos/ocultismos.
    O pior será ao final da vida a terrível surpresa: receberá pessoalmente do diabo o prêmio pelo descrédito nele, ganhando-o, ao aceitar ideologias modernistas e ter caído nas ciladas engendradas para envolver os incautos.
    Seria boa idéia duvidar do diabo e após a morte recebê-lo como troféu e o ter junto a si pela eternidade?

    ResponderExcluir

Mapa De Visitante