UM EXÉRCITO BEM ESTRUTURADO



 




“A vitória no combate não depende do numero, mas da força que desce do céu” (1 Mc 3,19), é muito importante saber que na batalha espiritual, não são os combatentes que são capacitados, mas é DEUS quem capacita os combatentes, para vences a guerra.

Um exemplo clássico de um exército organizado e estrategicamente vitorioso foi o Romano. Suas conquistas se espalharam pelo mundo todo, graças a generais competentes, que passavam horas e horas estudando as melhores táticas de ataque.

Jesus organizou bem o seu exército escolheu doze generais que são os doze apóstolos (Mt 10,1), um deles escolheu como seu representante na terra, o nome dele é São Pedro Apóstolo ( Mt 16,18), a força deste esquadrão era a unidade” A multidão de fiéis era um só coração e uma só alma”( At 4,32). O segredo de um exército está na união de seus homens, o Padre Antonio Vieira diz “Uma união de pedras é edifício, uma união de tábua é navio, uma união de homens é exército”, precisamos estar unidos para resistir a Satanás (Tg 4,7), a nossa resistência esta na nossa união.

Devemos estar unidos a cabeça deste exército que é Cristo, ele mesmo falou “Permanecei em mim e eu permanecerei em vós, o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na vieira. Assim também vós não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim” (Jo 15,4), unidos com Cristo nada abalará o pelotão cristão. A maior obra da sabedoria divina consistia em duas uniões: Uma união entre o corpo e a alma (Gn 2,7) e outra união entre a humanidade e o verbo “E o verbo se fez carne e habitou entre nós”( Jo 1,14),por isso São Paulo declarava “ Se DEUS é por nós, quem será contra nós?(Rm 8,31). 

Jesus para estar mais unido com sua Santa Igreja nos deixou o seu corpo e sangue, disse ele “ Tomai e comei, isto é meu corpo”(Mt 26,26), se perguntarmos aos teólogos o que nos uni mais a Cristo, eles diriam o seu corpo e sangue.

São Pedro Julião ensina “Quem diz Eucaristia diz tudo, pois diz Jesus Cristo”. E muito mais quem comunga a Eucaristia, pois comunga Jesus Cristo.
São João Crisóstomo diz o seguinte “ Quando comungamos temos Jesus em nós como Maria Santíssima”.

Santa Tereza de Ávila disse “Não há melhor meio para se chegar a perfeição do que a comunhão frequente”.
Devemos também estar unidos com nossos irmãos na fé, a sagrada escritura nos da o exemplo de união “ A alma Jônatas apagou se a alma de Davi e Jônatas começou a ama lo como a si mesmo” (1 Sm 18,1). Este deve ser o amor, dos soldados desde exército uns com os outros devem se amar ao extremo (Jo 13,1) exorta Santo Agostinho “Quem

abandona a unidade faz se deserto da caridade. E se deserta da caridade, mesmo que possua tudo o mais se reduz a nada. Em vão se possuem todas as coisas quando o único que interessa não se possui”, Santo Afonso já diz o seguinte “ O amor exige união”.

A bem aventurada Ângela de Foligno comenta assim “ Sem unidade, não vejo em verdade, como possais agradar a DEUS”.

São João Apóstolo escreveu “ Se alguém disser: Ama a DEUS, mas odeia seu irmão é mentiroso. Porque quem não ama seu irmão, a quem vê, é capaz de amar a DEUS, a quem não vê” ( 1 Jo 4,20).

Este exército é formado por homens e mulheres pecadores, falhos, imperfeitos, inacabados, por isso São Paulo no discurso a excelência do amor diz 
“ O (AMOR) tudo desculpa, tudo crê, tudo espere, tudo suporta”(1 Cor 13,7). A união deste exército não é de homens perfeitos, mas de imperfeitos, que caminham para a perfeição. Por esta razão mesmo nas nossas feridas o combatente de CRISTO diz “ Mesmo enfermo sou guerreiro” ( Jl 4,10). A nossa força é a mesma dos primeiros Cristãos.
“ Todos eles perseveram unamente na oração, juntamente com....MARIA” ( At 1,14).


Ir. Trovão

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante